Ebom Clínica Especialidades

Home > Especialidades > Osteopatia Pediátrica

Osteopatia Pediátrica

É um tratamento especializado

Para o bebê: torcicolos, cólicas, deformidades do crânio, refluxo, afecções oculares, otites, pés em tálus e equinos não neurológicos, hérnia umbilical, mais detalhes nas indicações logo abaixo.

Para a mãe: Síndromes de compressão (túnel do carpo, piriforme), postura e amamentação (como aliviar a nuca e os ombros), dores sacroilíacas,  lombalgias, coccigodinias (dores no cóccix), pubalgias, dores diversas, mais detalhes nas indicações logo abaixo.

 

O tratamento leva ao equilíbrio das tensões corporais como um todo, é curativo e preventivo tendo a vantagem de ser um tratamento suave e não medicamentoso.

 

Indicações do Tratamento

Durante a gestação: Foco na Mãe

  • Prevenir e tratar disfunções, sintomatologia diversas, tais como: lombalgias, sacralgias, coccigodinias, dificuldades respiratórias  como dispneia, síndromes de compressão (túnel do carpo, piriforme, entre outros). Os sintomas são fatores de estresse, ansiedade, perturbação do sono com possíveis consequências emocionais
  • Preparar a pelve
  • Educar a respiração
  • Ensinar técnicas de relaxamento geral e específicas para abdome e períneo
  • Permitir uma melhor mobilidade do bebê no útero com técnicas para aumentar o espaço intrauterino, proporcionando conforto para ambos e evitando assimetrias no corpo, no crânio do bebê
  • Melhorar a circulação trabalhando o diafragma e também diretamente nos edemas dos membros inferiores e nas síndromes de compressão relacionados com o edema

 

E no pós- parto: Foco no bebê

  • Tratar as patologias dos pés, essencial para o desenvolvimento da marcha e da independência motora
    • Pé em tálus e equino não neurológicos
    • Pé equino neurológico: que consiste na mobilização dos ossos do tarso e fixação elástica até a aquisição  da marcha
  • Tratar as deformidades do crânio, fonte de muita preocupação dos pais, promovendo não só um padrão estético harmonioso mas sobretudo normalizando os ritmos cranianos e a mobilidade das fáscias
  • Prevenir problemas oculares
  • Prevenir otites e outras disfunções na área da otorrinolaringologia (ORL) normalizando os ossos temporais e o Canal de Eustáquio
  • Equilibrar as tensões assimétricas das fáscias que levam o bebê a manter uma posição de lateroflexão da coluna para um lado e rotação da cabeça para o lado oposto. Esta assimetria pode ser a causa de desequilíbrios como torcicolos e deformidades do crânio, dificultando a amamentação e a visualização do rosto materno, fator primordial da diferenciação do eu e o outro
  • Tratar cólicas geradas pelas tensões faciais
  • Tratar o refluxo, regurgitação, atuando no nervo vago através da base do crânio e região hipogástrica